GOT e a “Reforma da Previdência”

Game of Thrones 8×02 vazou ontem horas antes a exibição oficial. Acho até meio chato isso, podia vazar durante ou logo depois, mas tudo bem. Foi um episódio razoável, algumas partes com uma filmografia Senhor os Anéis (detesto esse filme) outras cenas bobas com aquela música que faz parecer que tem algo solene ou perigoso acontecendo quando a cena não tem nada, partes com farofa romântica e etc.

Achei alguns trechos curiosos: Arya numa cena de sexo, por exemplo. Não sou moralista, longe de mim, mas a cena virou uma exploração boba, sem contexto. Personagens que amadureceram sob certos aspectos do nada, uma cena apelativa e com um pós-sexo igualmente tosco, romanticamente. Mesmo a química entre Jaime e Brienne foi explorada de forma um tanto repetitiva e dramaturgicamente sugada assim como a conversa entre Sansa e Danaerys, que poderia ser interessante mas teve uns sorrisinhos bestas que faz as interpretações parecerem superficiais e entreguistas.

Uma mulher foi sagrada cavaleira – knight! A ideia era bacana, mas na hora fiquei pensando: essa mulher devia mandar às favas (coloque seu palavrão mais pesado aqui) e não se ajoelhar para uma cerimônia tola. Ela é uma guerreira e não precisa de um título para confirmar isso.

Em todo caso dá pra conversar acerca do episódio e no geral tá entre Senhor dos Anéis e The Walking Dead, com uma canção bonita no final. Parecia aquela canção de ninar para embalar o espectador e a gente até chega a pensar que vem algo importante para nos acordar dessa infância idílica. Mas não vem nada e fica para o próximo episódio uma batalha supostamente épica que vai ser encheção de linguiça.


Eu sou pobre, não tenho TV a cabo mas muito curioso e vi o episódio pirateado. Encontrei a coisa mais escrota possível no começo dessa cópia promovida pelo RealityKings – o zica dos releases (sic): uma defesa da reforma da previdência num episódio de uma série medieval e darwinista. Até parece que está no contexto, pois a DeForma de fato irá nos levar para as trevas. Em todo caso é curioso como parte da juventude pop gostou do veneno neoliberal e foi enganada por esse discursinho meritocrático. E ainda mais curioso pensar como essa mensagem foi parar lá. Patrocinada? Ou realmente alguém que assiste GOT vê em Bolsonazi e em Tchuthuca Guedes o carismas dos vilões? Fiquei na dúvida.

Inscreva-se


Fique por dentro das novidades!

« »

© 2019 Filmecoss. Theme by Anders Noren edited by Dante Blatt